Pesquisar
Close this search box.

Inscrições abertas para o Prêmio Salão Design 2023

Foi dada a largada para a 25ª edição da mais tradicional premiação brasileira do design de mobiliário

Jurados estético-criativos durante a avaliação presencial. imagem: Augusto Vasconcelos 

Tradição, credibilidade e inovação são características marcantes do Prêmio Salão Design, que em 2023 chega à sua 25ª edição e completa 35 anos ajudando a contar a história do design de mobiliário. A partir desta terça-feira, 7 de fevereiro, profissionais e estudantes de áreas ligadas ao design de móveis já podem se inscrever na mais tradicional premiação brasileira do segmento – realizada pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) desde 1988.

O regulamento, disponível no site (salaodesign.com.br), traz todas as informações sobre prazos, categorias, etapas e critérios de avaliação, premiações e demais assuntos relevantes para que os participantes entrem na disputa. O diretor do Prêmio Salão Design, José Ferro, destaca que essa é uma experiência que agrega muito ao portfólio dos profissionais. “O processo de avaliação é bastante criterioso, contando com o olhar de especialistas tanto na fase técnico-funcional quanto na estética-criativa. Tudo às cegas, ou seja, sem saber quem assina os projetos. Esse é um dos cuidados para que não haja nenhum tipo de privilégio durante as avaliações, tornando o Prêmio sinônimo de credibilidade no setor”, explica.

Para os estudantes, Ferro ressalta que é uma oportunidade ímpar de inserção no segmento, possibilitando experiências, contatos e parcerias. “A visibilidade que a premiação proporciona reforça no mercado o nome tanto de quem está começando quanto de quem já tem carreira consolidada. O Prêmio Salão Design com certeza serve como validação de talentos”, acrescenta o diretor.

COMO FUNCIONA

Antes de tudo, os participantes devem ler o regulamento na íntegra. Depois, eles terão até o dia 4 de abril para inscrever seus projetos em uma das cinco categorias – chamadas de Desafios. São eles: Desafio dos Espaços em Transformação (mobiliário que apresente soluções para as atuais transformações nos lares dos centros urbanos); Desafio da Identidade Brasileira 2023 (móvel com uma proposta que represente o DNA do Brasil contemporâneo); Desafio da Tecnologia Embutida (mobiliário que utilize inovações tecnológicas produtivas, construtivas, comerciais e funcionais); Desafio das Experiências Positivas (móvel que utiliza o design para proporcionar experiências de bem-estar, aconchego, felicidade, realização, alegria, etc.) e Desafio do Uso de Painel (mobiliário que utilize em sua estrutura, total ou parcial, painéis de MDP/MDF com revestimento melamínico em qualquer acabamento, exceto branco – inclui premiação adicional para o participante que utilizar as matérias-primas das patrocinadoras Berneck e Interprint do Brasil, listadas no regulamento).

Quando a inscrição estiver concluída, basta aguardar pelas etapas de avaliação – cada uma composta por cinco jurados especialistas em suas áreas. A primeira (de 12/04 a 05/05), será a técnico-funcional, que ocorre de modo remoto levando em consideração critérios como segurança, materiais, viabilidade produtiva, sustentabilidade, entre outros. Os projetos aprovados na primeira etapa são considerados finalistas e passam para a segunda fase – quando os concorrentes terão um prazo específico para enviar seus produtos a Bento Gonçalves (RS), onde serão avaliados presencialmente pelo segundo time de jurados (de 17 a 18 de julho). A tão aguardada divulgação dos vencedores será no dia 24 de julho. O cronograma encerra com a mostra dos premiados na feira Movelsul Brasil (28 a 31 de agosto), na cidade de Bento Gonçalves.

SUSTENTABILIDADE EM PAUTA

Além dos desafios, mais uma vez haverá o Prêmio Madeiras Alternativas, que é uma parceria com o Serviço Florestal Brasileiro (SFB). Mais do que o troféu, concede ao vencedor uma viagem para conhecer uma área de exploração de madeira sob o regime de manejo sustentável na Amazônia e visitar o Laboratório de Produtos Florestais do SFB. A este prêmio especial concorrem todos os participantes selecionados para a segunda etapa eliminatória e que utilizam madeiras alternativas na fabricação de suas peças.

VOTO POPULAR

O Prêmio Voto Popular é uma novidade nesta edição. A ele concorrem todos os finalistas, ou seja, projetos aprovados pelo júri da primeira etapa (técnico-funcional) e que integram a segunda etapa eliminatória (estético-criativa).

DESTAQUES DO CRONOGRAMA (2023)

Inscrições: 07/02 a 04/04, às 23h59

Julgamento da primeira etapa: 12/04 a 05/05

Divulgação dos resultados da primeira etapa: 16/05

Início do voto popular: 23/05

Julgamento da segunda etapa: 17 e 18 de julho

Encerramento do voto popular: 19/07

Divulgação dos vencedores: 24/07

Mostra dos premiados: 28 a 31 de agosto, na feira Movelsul Brasil

Cerimônia de premiação: 30/08

SOBRE O PRÊMIO SALÃO DESIGN

O Prêmio Salão Design é a principal e mais tradicional premiação brasileira do design de mobiliário. A iniciativa nasceu do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis), em 1988, como indutora de inovação e ferramenta de competitividade para a indústria moveleira. Além da premiação em dinheiro, os vencedores ganham visibilidade, reconhecimento no mercado e possibilidades de parcerias. Mais do que uma vitrine de tendências e talentos, o Prêmio tem parte na formação da identidade do design brasileiro e latino-americano. Nesses 35 anos de história, soma mais de 15 mil projetos inscritos por participantes de 37 países.

Patrocínio master: Berneck e Interprint do Brasil | Patrocínio: Blum

Apoio: SENAI-RS; ABD (Associação Brasileira de Design de Interiores); CBD (Centro Brasil Design); AEARV (Associação dos Engenheiros e Arquitetos Região dos Vinhedos); LPF (Laboratório de Produtos Florestais);  SFB (Serviço Florestal Brasileiro); Instituição Belas Artes SP; FSG (Faculdade da Serra Gaúcha); UCS (Universidade de Caxias do Sul); Unisinos (Universidade do Vale do Rio dos Sinos); Uniftec (Centro Universitário); Feira Na Rosenbaum; DW!SP 2023.

Para saber maisInstagram | Facebook | Pinterest

SOBRE O SINDMÓVEIS

O Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves foi criado em 1977 para representar o polo moveleiro dos municípios de Bento, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza. A entidade atua amarrando as pontas da cadeia de modo que todo o setor possa se desenvolver com consistência e proposição de valor. Um trabalho que não se limita à Serra, pois projetos como a feira Movelsul, o Prêmio Salão Design e o Orchestra Brasil (este em parceria com a ApexBrasil) são de amplitude nacional e internacional.

Compartihe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Pinterest
portrait-of-handsome-male-builder-laughing-infront-Q8N7DXV.jpg
Join our newsletter and get 20% discount
Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue