Reflita a beleza

Se olhar no espelho e se sentir bonita, é incrível, não é mesmo? Mas não falamos de altas produções, falamos de se sentir feliz com aquilo que vê na sua essência. Maquiada ou não, com cabelo alisado ou natural, tanto faz, o importante é fazer as pazes com o espelho e refletir aquilo de mais bonito que há em você.

 

Assumir os brancos é sinônimo de liberdade

Libertador! É assim que a arquiteta Margit Arnold Fensterseifer descreve o seu cabelo, pelo qual demonstra um afeto imenso. “Desde os 26 anos eu já tinha cabelos brancos, pintava com henna para não agredir tanto o fio. Daí chegou uma fase, perto dos quarenta que tive que trocar para tintura, por que a rena já não pegava mais, até que por volta dos 55 anos eu assumi os cabelos brancos. Por cansaço mesmo da química”, explica.

Mas Margit afirma que não seria possível manter um branco tão bonito sem uma ajuda profissional nesse processo de transição. “Eram três ou quatro tonalidades no meu cabelo como brancos, pintados e ainda o natural. E daí, a Daiana Sperotto, começou a colocar tinta escura, para conseguir equilibrar. Então hoje de quatro a cinco meses, eu faço umas mechas mais escuras, com totalizante. Nada de química e ainda com um espaço maior dessa manutenção, com quatro a cinco meses de intervalo”, relata.

A arquiteta ainda conta um segredo para quem quer assumir os brancos, usar uma maquiagem diariamente ajuda a trazer mais vida para sua aparência. “Sem a maquiagem a impressão que transparece é que estou cansada, mas nem sempre estou, percebi isso. Mas com a maquiagem realça o rosto e o branco fica ainda mais bonito”, conta Margit.

Margit diz que adora seu cabelo, que se adora em fotos, que é uma ótima fase desde que assumiu seus brancos naturais. “Em uma palavra, posso dizer que foi libertação. Acho que o fato de deixar a escravidão de ficar toda hora indo em salão, é uma praticidade, faz bem”, afirma.

 

 

 

 

Se ame, você é única

Estar de bem consigo mesma e buscar de forma consciente melhorar os aspectos que lhe causam algum tipo de desconforto é um dos caminhos para o autocuidado. Para Bia Valduga, especialista em estética avançada e dermopigmentação, os procedimentos que envolvem a beleza são bons para dar aquele “up” e melhorar o que incomoda na aparência. “Os protocolos no salão são todos individualizados pois quando tratamos de procedimentos estéticos não existe receita de bolo, a individualidade biológica é primordial na clínica”, relata.

Entre os tratamentos que são oferecidos no espaço estão: redução de gordura localizada (Criolipólise 360° e lipo enzimática); Celulite (Thork); Flacidez (Radiofrequência); Up de glúteos (pump up); Método de massagem Liposhock; Rejuvenescimento Facial (limpeza de pele, peelings); Tratamento para manchas (microagulhamento); Micropigmentação de Sobrancelhas; Harmonização facial (preenchimento e botox).

Mas a profissional alerta, se manter saudável desde cedo é primordial para evitar os danos causados pelo cotidiano. Por isso, se cuide, se valorize, se ame, você é única.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
portrait-of-handsome-male-builder-laughing-infront-Q8N7DXV.jpg
Join our newsletter and get 20% discount
Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue