Pesquisar
Close this search box.

Últimas tendências do Salone del Mobile.Milano 2024

A 62ª edição do Salone del Mobile.Milano 2024 – iSaloni reafirmou seu papel de destaque no cenário internacional, atraindo a atenção de entusiastas e profissionais do design de todo o mundo. Realizado recentemente, o evento apresentou as últimas tendências em mobiliário, design de interiores e inovações tecnológicas.

Com uma atmosfera vibrante e inspiradora, o iSaloni mais uma vez proporcionou uma plataforma única para apaixonados por design se conectarem, compartilharem ideias e explorarem as últimas novidades do setor. Com sua impressionante variedade de exposições e eventos paralelos, o iSaloni continua a ser o ponto de referência para quem busca excelência e inovação. O iSaloni atraiu a participação de mais de 1.950 expositores de 35 países.

Da Serra Gaúcha, a região que mais movimenta o setor moveleiro no Brasil muitos profissionais da arquitetura e design visitaram a feira e nós da redação do JDS conversamos com eles.

 

Atmosfera inspiradora, por Adriana Peccin

Para a arquiteta especialista na área da saúde, Adriana Peccin, a feira iSaloni trouxe uma atmosfera inspiradora. “Foi uma experiência incrível, observar as tendências emergentes e os avanços no mundo do design corporativo, hospitalar e mobiliário espalhados por ambientes diferentes”, pontua.

OFFICE: Observa-se uma crescente união entre os conceitos de design de escritório e design residencial. O escritório do futuro está cada vez mais parecido com uma casa, e vice-versa. A ideia agora é focar no ser humano, na ergonomia e no aconchego. Com a nova geração Z é tudo sobre motivação e participação. E o design pode ajudar com isso, trazendo móveis mais relax e cores quentes. O trabalho em equipe também se tornou flexível, podendo ter como apoio a mesa de reuniões ou um estofado aconchegante e como áreas de trabalho informais, acomodando grupos de trabalho que podem expandir ou diminuir dependendo das tarefas atribuídas.

COZINHAS, BANHOS, SALAS DE ESTAR e JANTAR: Uma das coisas que mais chamou minha atenção foi a paleta de cores que dominou o evento. Desde tons suaves de azul e verde até nuances mais ousadas de rosa e terra, cada cor parecia ter sido cuidadosamente escolhida para transmitir uma sensação única de harmonia e sofisticação. Destaquei especialmente o uso criativo do amarelo nos estofados, trazendo uma energia vibrante e contemporânea aos espaços.

Além das cores, fiquei impressionada com a presença marcante das pedras e dos ripados menores e ondulados usados em portas e nas ilhas das cozinhas. Suas texturas e tonalidades ficaram visualmente interessante aos ambientes, criando contrastes e profundidade. Nos acabamentos, a atenção aos detalhes foi evidente. Desde o brilho intenso da laca alto brilho até a sutileza do acabamento acetinado. E não poderia deixar de mencionar a notável integração de tecnologia nos móveis e eletrodomésticos italianos, evidenciando o compromisso do mercado com a inovação e a excelência. Além das madeiras, o vidro ganha destaque no design de móveis. Estamos abandonando a era dos metais pesados para dar lugar ao vidro, que agora é o destaque em mesas de centro, laterais e até mesmo mesas de jantar.

Vi muita integração, funcionalidade e tecnologia nos móveis apresentados. Um exemplo disso são as gavetas com iluminação LED, e torneiras com água gaseificada que proporcionam praticidade e estilo. Além disso, as portas de vidro com detalhes em metal e a aplicação de pedras slim na frente dos móveis demonstram um compromisso com a excelência técnica e estética. A união da moda e do design no conceito look total, na mesma cor ou na mesma padronagem foi visto nos estofados, poltronas, escritórios.

Uso do metal com acessório continua forte em quase todos os produtos, bem como formas orgânicas em estofados, mesas, e complementos também foi bastante explorado na feira. Um consenso teve em toda a parte, uma casa mais aconchegante, acolhedora e com design biofílico presente, muito verde nos estandes e muito verde integrando os ambientes. Saí do evento inspirada e cheia de novas ideias para incorporar em meus projetos futuros. O Salão do Móvel de Milão reafirmou minha crença na importância do design como meio de criar espaços que não apenas funcionam bem, mas também encantam e inspiram aqueles que os habitam.

 

Adriana Peccin

 

Contemporaneidade e soluções sustentáveis por Silvia Menegat

Para a arquiteta Silvia Menegat, Milão todo ano é palco para inovação e tecnologia. A profissional relatou muitos desafios da contemporaneidade aplicados a soluções ecológicas e sustentáveis. “O iSalone concentra os principais produtores e designer do mundo, oportunizando expor suas ideias e seus lançamentos para uma comunidade muito grande de formadores de opinião. Assim a gente observa tudo que está acontecendo e decifra alguns caminhos para onde o design e as tendências estão caminhando”, relata.

CORES: Os tons terrosos, desde os mais claros até tonalidades em argila que predominam na moda, reinou por absoluto também na arquitetura. Para além deles, cores marsala, verdes, pistaches, musgos, tons de azuis acinzentado e claro, toque de laranja e até amarelo – sempre com uma base mais sóbria misturando com tons aquecidos que remetem muito a afetividade. Muitas soluções sustentáveis com diferentes formas de reutilização de produtos diversos. Existe uma brincadeira no uso de materiais como o vidro e metal, bem como metais mais brutos em conjunto com tecidos fofos e texturizados.

ESPAÇOS MONOCROMÁTICOS: Todos os elementos participam da mesma cartela de cores, paredes, estofados, tapetes e até objetos de decoração criando um ambiente de tom sobre tom. As texturas vieram mais ousadas, observamos vidros canelados, trabalhados, superfícies marteladas em metais, com uso de pinturas, harmonizando com o restante do ambiente, mas sempre com alguma personalidade.

RIPADOS: Os queridinhos ripados deram lugar a escala mais delicada quase um frisado aplicado de forma muito sútil. A frente dos móveis foram aplicados diferentes tipos de materiais, como sintéticos, couros e até mármores na sua face externa. Essa aplicação cria uma superfície monolítica, seguindo uma única textura. As formas orgânicas imperam sempre, seguindo uma escala de proporções mais reduzidas como módulos, organismos células marcados, uma referência ligada aos anos 70, se aplicando em pequenas proporções.

FUORISALONE: Já o Fuorisalone cada vez ganha mais espaço. Com instalações de arquitetura, design, lojas, fabricantes que surpreendem e instigam nossa criatividade, são experiências que saem do óbvio e servem como injeção de ousadia para despertar nosso olhar, não apenas em produtos, mas também nos locais onde as exposições acontecem. Observar onde são inseridos, expostos e como a arquitetura ali conversa com os produtos também serve como reflexão. Com toda essa injeção de criatividade e inspiração vale a quem visita treinar o olhar, observar as tendências que se repetem as aplicações e absorver sua essência, tendo uma visão de onde o design, arquitetura e moda está seguindo e assim trazer essas referências para nosso dia a dia e adaptar as nossas criações e as realidades dos clientes.

 

Silvia Menegat

 

Mais uma vez a designer Marta Manente fez a diferença em Milão

A designer Marta Manente pela 7ª vez leva sua obra e demonstra a harmonia entre o moderno e o gótico, sua ancestralidade italiana à brasilidade de sua criação na Piazza Duomo. Ela que é reconhecida internacionalmente como uma das mais importantes designers no cenário brasileiro feminino, tem presença marcante há quase 10 anos no maior evento de design do mundo.

Desde 2016, a designer participa do iSaloni com suas peças e se destaca no mundo com suas criações expostas e vendidas em vários países da Europa, Estados Unidos e Japão. Assim como já participou de Semanas Internacionais de Design nas cidades de São Paulo, Milão, Roma, Paris, Estocolmo, Londres, Barcelona e Berlin e Holanda.

Com sua linguagem própria, Marta Manente leva ao mundo a excelência das criações nacionais com autoridade. “Na edição que passou do ISaloni, apresentei em collab com Modalle Móveis, o balanço e a cadeira Perlage ampliando a coleção. A Coleção Perlage, que em francês significa Pérola, faz o paralelo das minhas vivências, entre os mundos do design e do vinho, em Bento Gonçalves”, relata.

Sobre as peças lançadas da coleção Perlage no Isaloni 2024:

O design orgânico das peças Perlage conta com traços fluidos, sugerindo conforto e aproximação das pessoas no centro do ambiente. Todo encosto destas peças possuem um trançado à mão em corda náutica, favorecendo um olhar surpreendente em cada novo detalhe descoberto. Cativante de qualquer ângulo, a coleção transborda o melhor da junção de alta tecnologia e de um design inovador, sempre carregado de símbolos valiosos para as criações, uma premissa que está presente em suas criações.

A cadeira, o balanço, são produzidas com materiais náuticos de alta resistência, que proporciona o uso tanto dentro quanto fora de casa. A espuma é ‘dry foam’ que repele a chuva e seca em duas horas de sol. O tecido que reveste é do tipo bouclê para áreas externas, uma grande inovação quando se fala em artigos resistentes às intempéries e cloro da piscina, assim como sua estrutura em alumínio, material ecologicamente correto.

Além de expor suas peças em principais eventos internacionais (ISaloni, ICFF NY), Marta Manente é convidada para dar palestras em indústrias na Alemanha, Argentina e Itália sobre conceituação, inspiração e criação, já que não só cria peças, mas também presta consultoria de desenvolvimento de coleções de revestimentos para arquitetura e construção para indústrias brasileiras como a Placas do Brasil e para a alemã, Interprint. Na Argentina palestrou na Fitecma, assim como já foi convidada a ser jurada de Prêmios Internacionais de Design e, atualmente, é curadora do Prêmio Salão e Gramado de Design.

Diretora do Studio Marta Manente Design desde 2004, baseado em Bento Gonçalves (RS), continua atendendo importantes players do Brasil e exterior, que executam um repertório de mobiliário indoor, outdoor e iluminação de vanguarda.

 

Marta Manente

 

Grande inspiração, por Lisandra Bordignon

A Gerente Executiva do Sindmóveis e da Movergs, Lisandra Bordignon, conta que a participação na missão internacional promovida pelo Sebrae proporcionou, além de conhecimento técnico voltado aos produtos e formato de negócio tanto da feira quanto de marcas, muita troca de informação. A percepção de diferentes olhares (o grupo participante era composto por empresários do setor moveleiro, desde a indústria e arquitetura até o varejo) foi um grande diferencial, pois a união de variadas expertises tornou cada visitação ainda mais rica.

Vivenciar a maior feira de mobiliário do mundo trouxe grande inspiração, que será compartilhada com equipe técnica do Sindmóveis e da Movergs a fim de propor inovações nas feiras Movelsul Brasil e Fimma Brasil, promovidas pelas entidades.

Para além da feira, visitar Milão em plena Design Week foi algo surpreendente. A cidade respira história, moda e design – exemplo para a nossa região, que também possui forte influência italiana. Prova deste cuidado com o legado é de uma empresa que visitamos, a Tino Sana, que mantém um museu com história da carpintaria, das profissões e do mobiliário.

Quanto às tendências de produto, para os próximos dois a três anos tende a ganhar força a tendência anos 70, com tubulações, metal cromado e colorido – um estilo quase vintage. Esse foi o ano em que se percebeu a volta do uso de cores: bordô, amarelo mostarda, verde, terracota/rosé são os principais destaques apresentados no Salão do Móvel de Milão 2024. Além disso, chama a atenção a mistura de texturas com toque e acabamento mais naturais, inclusive com o uso de pedras naturais brasileiras.

 

Lisandra Bordignon

 

Percepções de mercado, por Gisele Dalla Costa

No Salão do Móvel de Milão 2024, ficou evidente que o design precisa ser, ao mesmo tempo, forma e função, relata a Presidente Do Sindmóveis, Gisele Dalla Costa. Cada vez mais os consumidores buscam móveis com atributos integrados – especialmente funcionalidade e beleza. É muito gratificante perceber que o Sindmóveis vem seguindo esse caminho desde 1988 por meio do Prêmio Salão Design. Nesses mais de 35 anos, a premiação aproxima indústrias e designers para produzirem peças com soluções inovadoras no que se refere a formas, funções, uso de matérias-primas e sustentabilidade.

Outro destaque do evento italiano é a integração entre setores diferentes ou até mesmo correlacionados. As marcas realizam parcerias para atingir públicos similares, ou seja, não andam mais sozinhas. Bons exemplos são as colaborações entre Smeg e a Dolce & Gabanna, além das peças produzidas na parceria entre Scavolini e Diesel.

Design, parcerias e planejamento são oportunidades de inovação que as indústrias não apenas do polo de Bento, mas do setor moveleiro brasileiro de modo geral, podem explorar cada vez mais. Inovar processos, concepção de produtos e posicionamento é essencial para que nossas empresas se tornem mais competitivas e possam crescer de modo sustentável, alinhadas ao mercado global.

 

portrait-of-handsome-male-builder-laughing-infront-Q8N7DXV.jpg
Join our newsletter and get 20% discount
Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue