Pesquisar
Close this search box.

“Recalculando a rota: Ser Feliz e Ser Melhor” | Ana Carolina Azevedo

“O valor dos laços que a gente cria com as pessoas é algoque o dinheiro não compra. Esse foi um grande aprendizado”, ressalta AnaCarolina Azevedo, jornalista e criadora de conteúdo no Blog Culinarismo, aobater um papo inspirador com a gente no #DesafioDesignSerra.

Ao se deparar com diagnóstico de câncer de mama, em meio aum turbilhão de sentimentos, se encheu de coragem e recalculou a rota, com oobjetivo de dividir sua experiência nesse novo processo de tratamento, em umarede de apoio com acupuntura, heike, terapia, yoga e alimentação. “Tem momentosdifíceis a partir do tratamento, não quero ser deslumbrada e nem proferirmensagem de autoajuda, como se fosse simples ou fácil. O câncer é umdiagnóstico muito difícil, ele nos coloca à prova. Cada um tem a sua vivência,isso é muito particular. Eu fiz escolhas conscientes, e em como eu iatransformar tudo isso”, revela.

A jornalista também contou sobre o seu envolvimento com omovimento Slow Food e a transição do blog ao levantar a bandeira para oalimento bom, limpo e justo. Atualmente, os lugares apresentados nos conteúdostêm exatamente esse mesmo propósito.

Na voz é possível sentir a emoção quando Ana conta sobre avida dividida com Joana, sua filha. “Moramos eu e ela somente, não existe apossibilidade de desistir, eu tenho os meus sonhos. Eu quero ver a Jo crescer,quero viajar, quero ter experiência. Então zero chance de desistir”,afirma. 

Após seis meses de quimioterapia, a jornalista fez acirurgia para remover o tumor. Ela está em isolamento absoluto devido apandemia. “Não sofro muito pelo isolamento, porque me sinto segura, minha casaé o melhor lugar para estar”, relata.

Depois do diagnóstico, a busca pela construção do que querdeixar após o fim do processo foi origem de uma reflexão constante. “Quantotempo a gente fica adiando as coisas, quando tu tens um diagnóstico, tu nãotens mais muito a adiar, tens que encarar a vida e deixar de postergar osplanos e, com muita alegria, consegui fazer isso expressando meu carinho pelaspessoas que eu tinha dificuldade antes. Não dá pra perder a chance de dizer oquanto elas são importantes para nós, não sabemos se estaremos aqui amanhã”,lembra.

Ana Carolina também escreve em seu perfil pessoal doInstagram, sob a óptica dos aprendizados na sala de quimioterapia, queconsidera um exercício jornalístico muito legal, segundo ela.  Movida por uma fé que aflorou no meio desseprocesso todo, ela finaliza dizendo que a gente pode aprender pelo amor etentar se melhorar a cada dia.


Ana Carolina Azevedo

Perfil pessoal | Instagram / Facebook

Blog Culinarismo | Instagram  / Facebook




Compartihe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Pinterest
portrait-of-handsome-male-builder-laughing-infront-Q8N7DXV.jpg
Join our newsletter and get 20% discount
Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue